Diversidade Cultural

A diversidade da cultura africana é muito grande, a África é o continente

Dança Africana

Maracatú

mais antigo do planeta, onde surgiu o homem.  É nela que foram encontrados os mais antigos fósseis, cerca de cinco milhões de anos atrás.   O primeiro país a se constituir na África foi o Egito, há cerca de cinco milhões de anos. Desde o início de sua colonização foi explorada em suas riquezas.     A população da África evoluiu uma cultura cheia de contraste e dimensões, falam um número grande de línguas, praticam diversas religiões, tem poucas atividades econômicas devido à extrema pobreza.

Na África existem muitas tribos, grupos étnicos e sociais,  alguns com milhões de adeptos, outros com grupos menores. Dentro de um mesmo país pode ter mais de cinquenta grupos étnicos, com culturas diferentes, uma grande diversidade cultural africana.  Esse mosaico de culturas entra também nas vestimentas, muitas cores e estampas, desenhos bem variados dependendo da cultura.   A arte é outro ponto de destaque na África, máscaras, esculturas de madeira, com formas angulosas, assimétricas e distorcidas, objetos sagrados que contém a força vital da natureza ou de um espírito.  Acreditam que o homem precisa respeitar a Natureza, as pessoas, prezar a moral, a religião, para que não sejam punidos pelos espíritos.  Prezam muito os valores e ensinamentos aprendidos e repassados de geração em geração.   Seus ritos são realizados em “terreiros”, “centros”, ou seja,  lugares determinados com muitas danças, orações comunitárias, cantos.  A quantidade de escravos que vieram para o Brasil é muito grande, no início não puderam fazer suas manifestações, rituais, costumes, pois eram vistos como cultura atrasada,  devido a isso era tudo escondido, inclusive a capoeira. Mais tarde, século XX começaram a ser aceitos,  hoje fazem parte do calendário nacional.  A lei nº 10.639, criada em 2003, passou a exigir que as escolas do Brasil incluísse no currículo o ensino da história e cultura afro-brasileira.  A influência africana na cultura brasileira existe até os dias atuais, aqui temos a maior população de origem africana  fora da África, principalmente na Bahia, capoeira, candomblé, culinária, danças.   O samba, é sem dúvida, a principal influência africana na música brasileira, estilo que nos dias de hoje é cartão postal no Rio de Janeiro, o Carnaval.  Mas os tambores de África trouxeram também outros cantos e danças. Além do samba, a influência negra na cultura musical brasileira vai do Maracatu à Congada, Cavalhada e Moçambique. Sons e ritmos que percorrem e conquistam o Brasil de ponta a ponta.   Na mesa do brasileiro também tem muita influência africana, vatapá, baba de moça, acarajé, bala de coco, mungunzá, sarapatel,  cocada e a maior de todas, a feijoada, um dos pratos mais saborosos e degustados da culinária nacional.

No Parque do Ibirapuera, São Paulo, foi criado um Museu Afro Brasil, muito rico em peças, quadros, vestimentas, instrumentos da cultura africana.   Neste Museu podemos encontrar um grande acervo de pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XV e os dias de hoje. O acervo tem diversas faces da cultura africana e afro-brasileira, abordando temas como a religião, o trabalho, a arte, a diáspora africana e a escravidão, e registrando a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira.

Véra de Paula

Anúncios

20 comentários em “Diversidade Cultural

  1. Olá pessoal, alguém pode me ajudar!!
    Gostaria de incluir um tópico, porém não estou conseguindo.
    Aguardo
    Muito Obrigada
    Sonia Casselli

  2. É através das trocas de experiências que levam a aculturação dos povos e que levou Brasil e África a misturarem seus costumes e criarem suas próprias culturas que são únicas e ricas.

  3. Achei bem interessante este site, quando eu pensava em “África” a 1ª coisa que vinha na minha mente eram os povos muito pobres, casinhas com telhados de palha, paisagens bem secas, muito sol e coisas desse tipo. Mas fui pesquisar melhor imagens e vi que há lugares muitos bonitos e que seria muito legal conhecer.
    Seria interessante falar do preconceito com os afro-descendentes também. Que era muito mais frequente antigamente e que está mudando de um tempo pra cá, que está diminuindo bastante apesar de ainda existirem algumas pessoas preonceituosas e outras coisas sobre este assunto.

    • Compreender a diversidade cultural existente no Continente africano, é realmente muito importante, Brenda. E saber que essa riqueza cultural, hoje faz parte também da cultura brasileira, com a vinda dos escravos durante o Brasil Colônia.
      Valorizar suas tradições culturais, sem preconceito é muito importante, Que bom que você pensa assim.
      Parabéns.
      Prof. Bete

  4. A África é visto de uma forma muito preconceituosa fora do continente, assim tendo várias idéias formadas sem ao menos saber ou a menos procurar. Geralmente pensam que o continente africano apenas existe miséria, população absoluta negra, doença graves e etc, sendo que a África do Sul é um país rico e com população majoritária caucasiana. Além do racismo que ainda sofrem pelo fato de seus ancestrais serem rebaixados á um raça inferior no passado… porém se analisarmos a cultura e diversidade, podemos ver que existe muita riqueza e com grande influencia em nosso país!

  5. De fato, comecei a analisar o continente africano sem estereótipos a partir dessa pesquisa que iniciamos em sala de aula com a Professora Bete. Como a Brenda comentou, devo contextualizar a diversidade cultural existente na África, cuja não é da menor extensão…
    Espantoso imaginar e observar os conflitos culturais existentes desde a época imperialista na África, e todas as transformações ocorridas, e em ocorrência.
    Vamos encabeçar esse tema de total relevância nesse penúltimo bimestre juntamente com a professora Bete.
    ATT.

  6. Achei o site realmente muito útil, pois o continente africano é constantemente vítima de um grande “preconceito” porque como a Brenda ou mesmo como eu, antes de conhecer melhor já tivemos um conceito. Eu assisti a um vídeo de uma africana que falava um pouco sobre isso, ela dizia sobre o perigo de uma única história que é o que acontece com a África, a única história que nos é frequentemente contada é a história da “África miserável”, “África pobre”, ” África AIDS”, quando na verdade vai além disso, lá eles tem culturas maravilhosas e instigantes, modos de pensar e agir parecidos com os nossos e ás vezes diferentes como em qualquer outro lugar, tem arte, tem literatura, tem gente culta e inteligente, escolas, faculdades, porém é claro que não podemos negar que é um continente que necessita sim de grande atenção e ajuda, mas não só disso, é necessário também admiração por todas as pessoas que vivem lá .

  7. Consegui notar no texto acima que o continente africano tem muita variação na cultura, sendo muitas delas usadas no nosso país, o Brasil.
    Mesmo uma grande parte da população brasileira ter um certo preconceito com os africanos e sua cultura, somos o país que mais abrigamos africanos fora da África.
    Muitos ao pensar na “África”, como a Brenda, pensa em miséria, mesmo existindo alguns lugares que usam recursos primitivos tem também lugares belos e evoluídos, mas o continente africano passa por sérios problemas para ter um desenvolvimento melhor, já que sua matéria prima foi “roubada” pelos seus colonizadores !

    A respeito do preconceito, tem diminuído sim, porém.. nós mesmos aplicamos ele, quando damos porcentagem a mais para os negros na prova, se somos todos iguais e temos a mesma capacidade, não tem o porque ter porcentagem a mais !

    Observação: Já fui ao museus Afro Brasil no Ibirapuera, e seria uma boa pedida visita-ló já que estamos vendo sobre o assunto, não acha? 😀

    Atenciosamente,
    Aline Bento T.

  8. A Africa é um continente muitas vezes visto como pobre e cheio de problemas mas nunca é lembrado pela sua enorme cultura que influencia muitas outras como por exemplo acultura brasileira e muitas outras.
    A africa é alvo de vários preconceitos,por ter vários negros, pobres e infectados pelo vírus do HIV as pessoas esquecem do lugar maravilhoso que o continente africano é com suas musicas que influenciaram o mundialmente conhecido Samba ,sua culinária que influenciou um dos pratos brasileiro mais conhecidos que é a Feijoada, sua danças que deram origem à Capoeira, e sua vasta cultura que influenciou as muitas culturas brasileiras
    Acho que deveríamos aprender um pouco mais sobre essa cultura e se livras dos esteriótipos para acabar um pouco com o enorme preconceito que se tem com o continente

  9. Há pouco tempo tivemos a chance de presenciar (mesmo pela tv) a copa do mundo na áfrica do sul, isso nos mostrou que a áfrica mesmos sendo um continente com bastante desigualdades e miséria é também um país rico, rico na sua diversidade cultural, línguas, valores, e pessoas maravilhosas que transformam esse continente em um lugar mais rico que muitos outros países desenvolvidos no mundo. Nesse texto podemos ver a grande influência desse continente na nossa vida, se viajarmos por exemplo para salvador- bahia, podemos ver gente dançando capoeira na rua, acarajé vendido como água entre outras comidas citadas no texto. Isso nos ajuda a entender um pouco mais da nossa cultura, que só tem a agradecer á africa pelos seus valores tão grande trazidos a nós.
    Obrigada prof. por esse blog maravilhoso, é de grande ajuda acadêmica
    Gabriella Lisboa

  10. Lendo esses textos, vi como somos preconceituosos quando o assunto é o continente africano, como generalizamos, a miséria, sofrimento e a violência, como característica da África, e os negros como única etnia, quando na verdade a diversidade deste continente é enorme, desde as classes sociais, cultura e até a própria etnia. Interessante ver a parte cultural deste continente , como o Brasil leva mérito, por todo o mundo, por suas culturas, como o samba por exemplo, sendo que a nossa grande influência foi a África, até nessa questão cultural a África leva desvantagens para ser reconhecido. A África possui riquezas naturais as quais, os beneficiados são investidores estrangeiros e que como diz no texto, “com as bençãos de corruptos governos” , o que dificulta o desenvolvimento do pais, pesquisei sobre as expectativas de vida deste povo, o que pensam do futuro afinal, e ví que são influenciados por feitiçarias, por verem alguns, que cresceram financeiramente, de um dia pro outro, feitiçarias que visam mortes, sacrifícios, e que parte da riqueza do país são investidas para a investigação justamente destes crimes, o Departamento do Estado norte-americano que divulgou em 2009 isso, e que gastaram mais de meio milhão de dólares, o que poderia ser investido em educação e melhores condições de vida para o povo, que mudança de IDH terá este povo daqui uns anos ?.
    gostei muito do blog, achei interessante pois nos leva a ter diferentes pensamentos sobre o assunto, e ver como é diversificada a história deste lugar, e não só ver os problemas que têm, que são evidentes é claro, mas também ver os valores, e ver que a violência, não só lá, mas como em todo lugar, é apenas o resultado de um mal governo, que não preenche a violência com a educação, que é a salvação do futuro pra qualquer que seja o lugar.

    muito bom o blog professora Bete, diferentes formas de levar o conhecimento não só dentro de sala de aula, é essencial. Parabéns pela iniciativa.
    Carolline Oliveira Silva 3ºA.

  11. Ao fazer a leitura dos textos, percebi que o meu conhecimento sobre o continente africano era extramente limitado. Ao ouvir falar sobre a África, minha mente projetava um lugar onde só existiam pessoas que estavam passando fome, morrendo devido a diversas pestilências, um lugar totalmente sem infraestrutura que vivia sempre em desordem e entre outros equívocos. Claro que notamos que esse continente enfrenta diversos problemas, inclusive alguns que mencionei, mas não é correto associarmos tais problemas como sinônimo de Continente Africano. Podemos notar que a África apresenta uma rica diversidade cultural, envolvendo crenças, vestimentas, etnias, sem contar com os diversos estilos de arte que é um destaque do continente. Além disso, o local tem riquezas naturais, que até mesmo o Brasil “fica de olho”. É digno de nota também que, o samba – praticamente o logotipo da cultura brasileira – tem raízes africanas. Portanto antes de pensarmos nos males que o Continente infelizmente tem, que por sinal não é o único deste mundo, seria correto lembrarmos dos pontos positivos que ele apresenta, e assim deixar de lado conceitos preconceituosos criados e que perpetuaram ao longo do tempo.

    Parabéns pelo blog, é um método muito útil e eficaz, eu pude tirar bastante proveito!

    Monike Silva, nº34, 3ª A.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s